Avila Blog

Avila Blog

Merry Xmas and Happy New Office!

Quem diria, há 10 anos atrás, que o local de trabalho passaria a ser um dos principais factores de atracção e retenção de talento?

As empresas da economia moderna já perceberam que o espaço de trabalho tem uma grande influência na produtividade dos profissionais. A forma como é encarado pelas novas gerações, nomeadamente pelos Millennials e pela recém-chegada Geração Z, veio alterar definitivamente o paradigma do local de trabalho.

Dados mais recentes da consultora Gallup indicam que os profissionais nos EUA apresentam níveis baixíssimos de envolvimento com o local onde desenvolvem o seu trabalho (31,5% em 2014 e 32% em 2015: Gallup Report: Employee Engagement in U.S.). Este índice tem vindo a aumentar timidamente nos últimos anos, contudo ainda está longe do aceitável, considerando o tempo que despendemos diariamente no escritório.

Como é que as empresas estão a contribuir para aumentar a felicidade no local de trabalho?  Seguindo o exemplo de centenas de empresas que têm sido premiadas pelo Great Place to Work Institute, há uma clara tendência para as empresas apostarem em espaços que valorizem o bem-estar dos profissionais, quer seja através de salas onde se pode trabalhar com maior privacidade e concentração, áreas de lazer e relaxamento, ou zonas lounge onde os profissionais poderão fazer pausas durante o dia e beber um café ou chá enquanto descansam num sofá confortável. A criação de vários ambientes de trabalho no mesmo local é uma das tendências-chave dos novos espaços de trabalho, indo claramente ao encontro das necessidades dos profissionais que apreciam esta versatilidade e, acima de tudo, a oportunidade de trabalhar onde se sentem mais felizes e produtivos.

Mas estas medidas deverão ser acompanhadas por outras iniciativas. Por exemplo, a ROFF, empresa portuguesa especializada na consultoria de soluções de software de gestão, que está entre as 25 organizações reconhecidas a nível europeu do Great Place to Work Institute, destaca a flexibilidade de horário, a possibilidade de trabalho remoto ou a oportunidades para trabalhar a partir do estrangeiro, como factores que fazem da empresa um bom local para trabalhar.

Os espaços de coworking fazem parte desta nova realidade, e há cada vez mais empresas a optar por este modelo de trabalho, não só por uma questão de racionalização de custos, mas acima de tudo pela flexibilidade que este proporciona e pelo bem-estar. Estes factores serão cada vez mais decisivos para as empresas que desejarem vingar na economia moderna. E o local de trabalho – seja ele onde for – é decisivo para essa felicidade.

Teresa Jacinto
Chief Research and Development Officer Avila Spaces